quinta-feira, 27 de novembro de 2008

E A VIDA SEMPRE CONTINUA


O sol já havia se posto atrás da montanha, companheira de dia-a-dia, paisagem amiga.
As crianças ocupavam o banheiro para o banho, tirar a poeira e as marcas das brincadeiras.
Nanda continuou sentada na varanda da frente do abrigo, olhava a noite chegar, amiga do silêncio e da escuridão, que trazia pela mão o medo do futuro e a solidão.
O banho não podia esperar, o jantar ia ser servido, a barriga reclamava.
O cheiro do sabão nunca abandonaria Nanda, pelo resto da vida, tinha certeza.
Marca de uma infância sem esperança, sem futuro.
A rotina do dia marcava seu passo pelos corredores compridos da ala dos quartos. Parada na porta podia ouvir as amigas, no momento de delícias da infância e da inocência.
Roupa trocada, cabelo arrumado, cores iguais, sabores também. A sopa de carne, pão e leite completavam a noite.
O som da voz das amigas, os risos faziam encher o seu coração de um pouco de alegria. Um coração sofrido pelo abandono, triste pela falta de carinho, do amor incondicional, Que só os pais podem dar. Que coisa, só os pais.
Apesar da tenra idade, os sete anos já haviam se completado, entendia bem das coisas, esperava esse amor e pelo dia que as cores, os odores e os sabores seriam outros, e a vida se encheria de sorrisos e alegria.

10 comentários:

Loira e Morena disse...

Que texto lindo e emocionante Ana!

Beijaooo da Morena!

A Publicitária disse...

Cores, odores e sabores.. profundo isso...

Brisa disse...

Ain... que lindo Aninha!!
ME bateu uma saudade danada, e eu vim ler vc um pouquinho!!!
Lindo e lindo seu texto!!!
Beeijooooooos


*Esperando um texto seu pro troca-troca...

Manuzica disse...

Eu já disse que adoro o tei blog??? srrs

Pois é, adoro mesmo. Lindo texto...parabéns.

Bjo grande e excelente fds.

Se cuida!!!

Fernanda disse...

Tocante! Interessante como ele comove, chega a deixar triste, mas ao final lança um ar de esperança. A esperança que todos nós sentimentos em diversos momentos da vida. Beijos.

Nina disse...

Muito bonito e feito para emocionar e refletir!

(Claro que pode usar o post, viu? Coloquei o selinho, também!)

beijos!

http://meninadecachos.blogspot.com/

Felina disse...

"Cores,odores e sabores"...

Parei pra pensar em todas as cores,os odores e os sabores que me remetem ao meu passado saudoso e que em muitas vezes,não os terei da mesma forma ou intensidade hoje,depois de adulta.

De certo não são encarados da mesma forma,mas com certeza,a sensação causada é extraordinária.

E aquele amor...Hmmm Ah aquele amor que se espera...E com ele nasce uma esperança de que ele venha e que muitos outros...

bjus

amei

Iêda disse...

Lindo!!!
bjos

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Ai... minha primeira visita aquie vi que seu filho vai ser reprovado... espero que consigolidar com isso da melhor forma...

De qualquer forma.. lindo texto!
Beijocas

Loira e Morena disse...

Ana, esse texto é lindo!!!
Como sempre a senhorita escrevendo mto bem e mto bonitooo!!!
Como vc esta??espero q esteja bem..que seu filho esteja melhor, mais animadinho!!!!
Saudades!

Beijocas da Loira