quinta-feira, 6 de novembro de 2008

CORAÇÃO

Beth olhou pela janela, chovia fino e a temperatura havia caído bastante. Fechou a cortina, olhou para cama, ele ainda dormia, tinha sido uma noite maravilhosa, realmente ele era o melhor, não havia outro.
Pegou o casaco e o sobretudo, que bom estava preparada para o frio, podia ser que nevasse. Olhou mais uma vez para ele, o corpo nu sobre a cama, era bonito, as formas perfeitas. Dormindo parecia ser mais novo, parecia um menino.
Não queria amá-lo, tinha feito tudo para não sentir nada por ele, queria só viver uma aventura. Mas tinha sido pega pelo coração, arrastada e aprisionada em correntes. E o amor batia fundo no seu peito.

Uma lágrima correu pela face, limpou rápido o rosto, não queria nem confessar a si mesma que chorava, não queria deixar marcas.
Saiu do quarto, a sala ainda escura, mas o cheiro do perfume denunciava o dono, estava empreguenado em todos os cantos, inclusive no seu corpo.
Fechou a porta atrás de si. O coração doeu, parou um pouco, mas sabia que tinha que ser assim.
Ao sair do prédio, olhou para cima viu a janela, que ontem tinha mostrado para o mundo a paixão, a volúpia de dois corpos apaixonados.
Fechou os olhos, olhou para frente, tinha que seguir, levantou a cabeça, respirou e foi embora. Fechou bem o casaco sobre o corpo, começava a nevar.

16 comentários:

Ice Ice Baby disse...

:-)

Loira e Morena disse...

A-D-O-R-E-I.... Lindo, lindo, lindo!!
Quero um dia conseguir sair assim da cama de um homem q passei a noite. Acho q a mulher tem q ser muito segura de si pra fazer isso.

Beijaooo da Morena!

Sylvana Marques disse...

Lindo o Conto, fez com que eu recordasse uma passagem do livro BUDAPESTE do Chico,é algo assim tão simples e tão forte,tão emocionante.Viajando um pouco na historia e p vc q escreve o cotidiano tem um livro do Michel de Certeau (historiador frances) A invençao do cotidiano é lindo,maravilhoso,acho q vc iria amar rssss
bjs
e obrigada por ter virado fã
bjsbjsbjs

http://sylkellydecor.blogspot.com/

Sylvana Marques disse...

Ah vou tentar escrever o do chico caso vc nao tenha e te mandarei p vc publicar ,claro se vc se interessar é q e tao belo!caso queira me avise q tentarei mandar p vc bjs

Iêda disse...

Oi!
Muito bom seu texto!! Adorei!
Bem, já passei aqui algumas vezes, mas nunca tinha deixado rastros... rs Parabéns pelo blog!

Insana disse...

To encantada com teus contos...
Muito lindo esse!!!
Beijos

Joana Rodrigues disse...

Ana, obrigada pela visita. Quando eu fizer a camiseta, mando um presentinho. Rsrs. Aparece mais. Abraço.

Ana B disse...

Oi, agora sou eu mesma. Entrei pela senha da minha filha. Até mais ver, na casadaaninha. Bj

Dri Viaro disse...

Muito legal o conto.
passei pra conhecer

bjão

devaneiosdeumqualquer disse...

Também gostei do texto pra caramba. Mas não sei se minha interpretação é a mesma que você quis ter, ou que os outros entenderam..
Na verdade não parece demonstração de força não querer se entregar ao amor, e deixá-lo pra tras. Parece um pouco de medo, com falta de coragem, com vontade de fingir que nada aconteceu, que não foi especial.

Fiz errado e me coloquei no lugar do cara lá na cama, acordando depois de uma noite maravilhosa, com uma pessoa especial, numa cama vazia. Preferiria me arriscar no incerto do que estar certo sobre o não feito, não acontecido..

Enfim, é só a minha interpretação.

Bjokas.

Felina disse...

hmmmmmmmmmmm

snif

me deparei com a possível descrição do que vai vir a tona comigo logo em breve....snif...

Mas o texto mesmo assim é lindo...

Loira e Morena disse...

Ana, eu sei ele nao foi nem um pouco legal nao!!
Ate pq ele sabe q eu gosto dele, mas do q so amizade!!
Ele contou detalhes assim, bem detalhes, daqueles q homens contam para seus amigos homens,sabe!!!..
Eu fiquei tao em choque qud ele disse q transou com outra...pq eu tava enlvolvida com ele ainda, q nao tive reação..ai ele ainda me fala q uma vez so dormiram juntos e so outro dia eles transaram...poxa se vc dorme e sai outro dia pra ransar é pq gostou...por mais bebado q ele estivesse, nao tem desculpas...
To triste, mto chateada....sabe, na entendo pq é tao dificl alguem se interessar por mim sem ser somente pela minha parencia pelo meu corpo...estou me sentindo um lixo...uma qq que ele teve qud quis e depois jogou no lixo e ainda cuspiu em cima!!!
querida, vc tem msn?..se quiser podemos trocar, pra conversar!!

--Ana queridaa...lindo o textoo...e saber q vc se inspirou no que estou passando..me fez sentir querida sabia!!...
Mesmo q vc nao tivesse feito pensando em mim, ao ler eu me vi ali, naquela situação com os mesmos sentimentos....So falta eu conseguir fechar a porta de uma vez por todas e nao abri-la mais!!!!
Sem palavras querida..lindo lindo o texto!!!

Beijocas da Loira

Lidiani Lehnen disse...

E o coração nos prega peças. Ainda vou descobrir se fugir quando o coração pede pra ficar é a melhor saída.

Muito lindo o conto. Parabéns.

Beijo

Dog disse...

A cena me remeteu á momentos preciosos tanto da minha vida quanto filmes maravilhosos que vi.


Bom chegar o final de semana assim, lembrando que o amor existe.


Beijos!

Nem Li disse...

Que chata...Ela nem deixou um café da manha pronto...Acha que é assim?

AHuiahauihaIUhaUI

Brisa disse...

Posso complementar algo que aconteceu mais ou menos assim? Com a única diferença, em vez de nevar chovia muito.. rsrs..

"E enquanto olhava aquela formosura em sua cama, viu passar todo um filme em sua mente e sentiu vontade amar mais e mais... e os seus pensamentos cruzaram com o aroma que estava no ar, mas estava decidida, não ficaria mais alí, mesmo sabendo que o seu desejo era voltar e amar ainda mais. Porém cansou de ser apenas pele e sedução, queria um amor de verdade. E encarou a chuva fina que caia naquela manhã, e foi em busca da sua felicidade."

Beijos, FLor e desculpa a complementação, mas me vi em seu texto e em um dos meus momentos...