sábado, 21 de março de 2009

Animais

Eu amo os animais, todos já sabem que tenho uma gatinha chamada Pérola. Mas ao longo da minha vida, tive muitos cachorros, os primeiros foram o Buck e a Puppy, dois pastores belgas, lindos.
O Buck era meu, cresci ao lado daquele cão, amigo de olhos tristes, dormia as tardes na varanda com ele ao meu lado. Claro que a vida tomou o seu rumo e Buck e Puppy, foram para o céu dos cachorros.
Meu pai, sempre substituia os que se iam, por lindos filhotes e a dor sempre era amenizada por novos amigos.
E assim foram os anos, e meu amor pelos animais crescendo. Hoje freio o carro quando um pombo atravessa a minha frente. Fico triste quando vejo os cachorros e gatos abandonados na rua.
E ajudando uma amiga, estou começando a participar de um evento para conscientização das pessoa na importância de amar e cuidar dos animais.
Eles não são brinquedos, não devem ser descartados quando estão velhos e já não servem para brincar, são criaturas de Deus e tem sentimentos, sofrem com o abandono.
Toda vez que pensarem em ter um animal, pense na responsabilidade e nos cuidados que vão ter, e contribuam com a diminuição do abandono.
Deve ser muito triste perder o carinho, daqueles que amamos, da noite para o dia.
Pense nisso.




9 comentários:

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

10% de tudo que gastamos com Filomena (o que soma uma quantia boa) vai para o afilhado dela... em um abrigo.

Iêda disse...

Nossa, é muita crueldade fazer isso.Olhar triste de bichinhos abandonados magoa tanto quanto de uma criança... Temos que dar mais importância à adoção de animais. Eu tenho uma gata (Marronca) e minha irmã dois gatos (Pudim e Sashimi), só tive cachorro quando tinha 1 ano de idade, mas como vc sempre tinha um para substituir os outros, que mesmo assim nunca foram esquecidos. Beijão e ótimo findi!!!!

Larissa. disse...

Ah nossa... vc falou minha língua.! Sei que sou muito nova, não sou independente financeiramente, mas dentra vários objetivos de vida um dos que mais viso é um dia ajudar como puder esses animais. Amo, amo muito!
E sou extremamente sensível quando se toca nesse assunto!
Linda iniciativa!
Vc é demais!

;**

Dri disse...

Ai que lindos, adorei as fotos, amo bichos. Estou triste porque a cadelinha que minha mãe adotou está com leshimaniose, uma pena. Beijos

Sheila disse...

Concordo plenamente com você, Ana! Infelizmente muita, mas muuuuita gente não entende que um animalzinho de estimação é pra vida - dele - inteira! Enquanto filhotinhos todos querem, deixando-os de lado quando deixam de ser tão engraçadinhos.

Tristemente, falta compaixão no coração de muitos de nós. Especialmente em relação aos nossos irmãozinhos menores.

Beijocas e boa semana.

Nelida Capela disse...

Se as pessoas tivessem um pouquinho de consciência, não veríamos tantos animais largados e mortos nas ruas, nos abrigos, nas estradas.

Poly Jomasi disse...

olá!!! tem um selo pra ti no meu blog mas acho que vc já o tem rsrsrsr ^^ bju

disse...

lindo o post!!!

Joaninha Bacana disse...

OH, que fofos que eles estao nas fotos!!! Independente da idade deles, tem como nao se apaixonar quando eles fazem essa carinha?
Beijos, e boa semana!
Angie