domingo, 29 de março de 2009

Ação coletiva

Ontem, postei sobre a hora do planeta, mas fiquei pensando sobre o tema ao longo do dia.... Participei, desliguei as minhas luzes, legal e ai?
Recebi alguns comentários e li sobre o assunto em alguns blogs amigos, todos questionando o evento e seu resultado.
Penso sobre isso, faço tudo que posso para ajudar. Reciclo o meu lixo, passo a semana toda separando os pláticos, vidros, latas e papel. Entrego tudo a catadores do meu bairro.
Quando vou ao mercado, levo a minha sacola para diminuir o uso das sacolas de plástico, não jogo óleo na pia. Economizo água e luz. Faço carona solidária.
Bem, faço a minha parte.... quando divulgo e participo desse tipo de campanha, tento incentivar que os outros também façam.
Tento criar um inconsciente coletivo, todos pensando no mesmo propósito, pode causar uma mudança nas ações coletivas. Acredito nisso.
Mas concordo com os amigos que desacreditam nesse tipo de ação.
Como falei no início, e ai? será que alguma coisa pode mudar ou vai mudar, qual é o caminho?
Não sei. Mas continuo tentando........

6 comentários:

Iêda disse...

É, eu tbém faço tudo isso. Já até incentivei meus alunos a usar o outro lado do sulfite qdo vão imprimir coisas só para ler na faculdade (vc não acredita na gde quantidade que conseguimos juntar para tal fim em pouquísso tempo!). A maioria entrou na minha, mas alguns qustionaram que pagam a faculdade e que ela tem a obrigação de dar folhas, acredita? Ai eu respondi que tem sim, mas nós temos que tar a responsabilidade de economizar pelo Meio Ambiente. E com essas coisas e outras como postar no blog e tudo mais ue penso a mesma coisa que vc: E ai? às vezes tudo isso parece tão pequeno e o estrago só aumenta... Teríamos que ter uma ação coletiva bem maior que tudo isso, mas ai fica uma questão... Como? Como incentivar tantos outros a fazer a mesma coisa?
bjão e ótima semana

Loira e Morena disse...

Nao sei muito oq dizer a respeito, só sei q eu tento fazer ao máximo a minha parte e espero q os outros façam um pouco da sua.

Beijaooo da Morena!

Srtª Elis: disse...

relamente isso e de se pensar..eu acho que existe poucas muitas poucos pessoas com esta conciencia de mudança....xero aparece lá no meu catim tb!

Bertonie disse...

A Hora do Planeta foi um gesto simbólico.
E não passou disso.

Poucos realmente se sensibilizaram.
O que vale é nossa ação diária.
Temos que pensar como um todo, como "nós somos o Brasil, e não parte do Brasil" (é mais ou menos por aí!), coletivamente.
Se colaborarmos todos os dias contra o aquecimento global, evitaremos ao máximo o sofrimento futuro.


beigos mil

Paulo Tamburro disse...

ANA ROSA,se educar é dar exemplos, você deu o melhor dos exemplos divulgando a campanha e fazendo no dia-a-dia à sua parte.

Se educar é dar exemplos, você como educadora,cumpriu com a maior dignidade, inclusive profissional, para criar no inconsciente coletivo, este ideário de gestão autosustentável do planeta.

Se educar é dar exemplos, eu como professor universitário ando em débito com a sociedade, pois como lhe afirmei, não acredito que este ser humano que eu conheço- desta e das recentes gerações- venha a abrir mão do seu egoismo em função da coletividade.

Se educar é dar exemplos, junto aos meus alunos eu estou na contra-mão da pedagogia, mas é realmente o que penso.

No entanto, a parabenizo pela iniciativa e você, e não eu, está mais adaptada e coerente com sua posição e papel social de educadora, pois: educar é dar exemplo.

Renata disse...

Tentamos, pelo menos...

Já é alguma coisa!

Beijo grande e boa semana para ti!

Renata.