quarta-feira, 18 de março de 2009

Além mar

Metade da minha família veio de Portugal, para ser específica, do norte, de uma região chamada Monção do Minho.
Uma terra que para mim representa muito. Metade do meu coração bate por essa faixa estreita de terra.
Meu Pai chegou ao Brasil com 16 anos, sozinho,para tentar a vida. Foi viver com parentes, trabalhou, passou fome, lutou e venceu, hoje com 72 anos ainda trabalha, para se distrair.
A velhice não pode vencer aquele corpo cansado, que trocou as terras além mar, para se aventurar, e vencer.
Hoje, depois de tantos anos, conta a sua história de forma divertida, as aventuras de jovem em um Rio antigo. Em um Brasil que aprendeu a gostar.
Mas seus olhos brilham quando lembra da terra que deixou para trás.

Não tem jeito amo Portugal.

"Ningué na rua é noite fria, sobre mim o luar,
voltava a casa quando vi que havia luz no velho bar.
Não hesitei, fazia frio e nele entrei.

Estando tão longe da minha terra,
tive a sensação, de ter entrado em uma taberna de Braga ou
Monção.

E um homem velho se acentou e assim falou:
-vamos brindar com vinho verde que é do meu Portugal
e o vinho verde me farar recordar, a aldeia branca que deixei atrás do mar.........

Paulo Alexandre
Vinho verde

Essa música marcou a minha infância.

8 comentários:

Loira e Morena disse...

Tbm sou descendente de portugueses, nunca fui pra Portugal, mas é o pais q quero muito conhecer, até pq tbm desde pequena escuto historias de lá, contadas pelos meus avós e por minha mãe.

Beijaooo da Morena!

Dai disse...

Parabéns pelo seu pai..Uma história muito bonita e de exemplo.
É tao boa essa sensação de amar um lugar, se sentir parte dele...

Muito obrigada pelos cumprimentos do niver do SENSE..
Adoro as suas visitas e agradecerei sempre por elas...

Beijinhos.

Chris disse...

Meu padrinho, esposo da minha tia, tbm e de la...saiu com 17 anos, porque nao queria ir para guerra, passou por bons bocados no Brasil, mas nada que se compare a uma situacao caotica da Europa.
Adimiro-os!
Nao conheco Portugal, mas tenho super vontade de conhecer!
bju bju

Diamante Cor de Prata disse...

Tenho vários amigos lá e morro de vonatde conhecer Portuga, como costumo chamar...

beijo. Amei o post!

My

Ice Ice Baby disse...

ah eu tenho vontade de conhecer...

Sophie disse...

Nossa! Deve ser muito bom ouvir as histórias da vida do seu pai! Adoro ouvir os feitos dos mais velhos. Tanta coisa boa pra se aprender!
E gosto demais de um faoso português: o grande Fernando Pessoa!
;)

=*

Renata disse...

Lindo post. Gosto de falar de origens...

Beijo grande,

Renata.

Joaninha Bacana disse...

Só conheço Lisboa e Sintra, mas tem tantos outros lugares maravilhosos por lá, nao?
Beijos, Angie