sábado, 30 de agosto de 2008

Tudo de bom

-Vamos escolher os melhores.
-Oba, nossa não vejo a hora.
Bem antes que alguém entenda mal, vou explicar.
Semana passada um amigo me convidou para um encontro de degustação de vinhos, coisa chique e lá fui eu toda apreensiva, ia escolher os melhores vinhos e degusta-los.
Adoro vinhos que tomo sempre que posso e da vontade, mas não sou especialista do assunto, porém naquela noite eu estava entre os melhores, vinhos e especialistas e eu me senti. O ambiente sóbrio e elegante alguns garçons e claro a atração principal os vinhos.
Em algum momento da noite, que não sei qual, alguns especialistas começaram a se reunir entorno de uma enorme mesa e descrever os cheiros dos vinhos , coisas loucas sairam da boca daqueles homens.
-Cheiro de couro, fumaça....
-Mato.....
-Flores e frutas...
A coisa tomou proporções que eu não sei descrever, meu amigo claro se juntou a eles e também fez a sua opinião cabeluda e foi aplaudido, tinha acertado disse ele mais tarde, para explicar o acontecido .
Só sei de uma coisa adoro vinho tinto Cabernet sauvignon, Chileno e Argentino e alguns do sul do Brasil e isso para mim já é o suficiente para me tornar uma grande sábia em vinhos.

2 comentários:

Nine disse...

Ana Rosa tb gosto de vinhos ,até comprei o larousse de vinhos para ver se conseguia entender melhor sobre eles,mas nada!Procuro comprar recomendados para nao errar,mas tb ja me dei mal com isso.Vinho é bom até sozinha.bj

vida cotidiana disse...

Nine,
Acho o mundo dos vinhos muito estranho, mais mesmo assim adoro, realmente, até sozinha é bom...