domingo, 18 de outubro de 2009

Bolo eu?

Nunca fui uma pessoa muito moderna, contemporânea que gosta de agito, cidade grande, festa, night.
Na verdade minha cabeça gira entorno de ideias mais sossegadas.
Tardes fazendo bolo, cuidando da família, fazendo artesanato. Acho que nasci em uma época errada.
Hoje acordo cedo e trabalho o dia todo. Dias livres só se for em feriado, o pobre do filho fica com certeza sem bolo, a noite me desdobro em 300 para dar conta de tudo.
Assim a vida vai seguindo e não pode ser diferente.
Cadê o bolo? Fica para depois............

7 comentários:

Bertonie disse...

É, o mundo não perdoa. Principalmente para com as mulheres que são as que mais sofrem nessa vida múltipla.


bjs

Chica disse...

E corremos mesmo não é? Há tanto e tanto por fazer!beijos,boa noite,chica

Ana Medeiros disse...

É amiga...eu já fico me imaginando nessa rotina depois que o pimpolho nascer, mas acho que a gente tb faz o que pode ne? Se não der, fica pra depois.Isso aí!

beijos e uma ótima semana

Kátia Ruivo disse...

Tb sou meio assim, nasci pra ser mulher moderna, não sou nada dona de casa, não levo jeito pra isso, as vezes, pra variar até rola assar um bolinho de massa pronta, mas sem virar rotina!w

Lana disse...

Nem me fale, hoje tenho tempo livre pra me dedicar à minha casinha, mas sei que é temporário, tenho medo de ter um trabalho que não me permita cuidar da casa e fazer bolos...
Beijos!!

Nivaldo Vasconcelos disse...

Acho que você nasceu na época certa, na época onde precisamos de alguém assim... de idéias sossegadas e artesã!
Esta época está precisada de tranquilidade e pessoas preocupadas com os bolos!
um abraço

Alline disse...

Mesmo sem querer, acabamos tendo que acompanhar o ritmo frenético do mundo, que nem sempre é o nosso ritmo. Cansa, né?
O bolo não pode ficar pro fim de semana?
Beijos e boa semana pra ti